domingo, 20 de abril de 2008

Alegria de servir

Alegria de servir.

Toda a natureza é um serviço,
serve a núvem;
seve o vento;
serve a chuva.
Onde houver uma árvore para plantar, plante-a vocês.
Onde houver um erro para corrigir, corrija-o você.
Onde haja um trabalho e todos se esquivem, aceite-o você.
É muito belo fazer aquilo a que os outros
se recusam.
Mas não caia no erro de pensar que só há mérito nos grandes trabalhos.
Há pequenos serviços que são bons serviços:
Enfeitar uma mesa
Arrumar os livros
Pentear uma criança.
Uns criticam, outros destroem. Seja você o que serve.
Servir não é tarefa de seres inferiores.
Seja você o que remove a pedra do caminho,
O ódio entre os corações, e as dificuldades do problema.
Há a alegria de ser puro,
E a de ser justo
Mas há, sobretudo, a maravilhosa,
A imensa alegria de servir.

(Extraída da revista Mensageiro do coração de Jesus)

Nenhum comentário: